Entrevista com Autora de livro, super especial #2



                                                   Mari Scotti








Autora dos livros Híbrida e Insônia.








Fale um pouco mais do seu livro:


Insônia fala sobre uma garota que não sabe que é filha de um anjo e que possuí um dom incomum e que serve tanto para o inferno como para o céu. Ela conhece dois rapazes estranhos, nunca tinha se apaixonado por ninguém e de repente se vê cercada e apaixonada por um deles. Mas ela não sabe que eles tem algo a esconder e que isso a envolverá em várias situações de perigo e mistério.
Híbrida conta a história de Milosh Maundreall, um vampiro deprimido que está a procura de sua esposa e rainha que sumiu há quase cem anos. Ele precisa encontra-la não só pela saudade que sente, mas porque os vampiros estão desafiando as leis da Coroa e precisa antecipar o caos. Conta também a história de Ellene, uma garota que nasceu acreditando ser um lobisomem e que descobre que mentiram para ela a vida toda e que na verdade tem sangue de vampiro – seus maiores inimigos – correndo em suas veias. Os dois tem algo em comum e uma afinidade que nenhum deles entende, mas que os unirá inesperadamente.






Qual é a emoção de ter seu livro publicado?


Ainda é tudo muito novo pra mim e não sei bem como descrever. Mas felicidade extrema é uma palavra bem aplicada neste momento! É ainda como o despertar, quando ainda estamos entorpecidos por um sonho e ao mesmo tempo conscientes da realidade. É demais!






 Pretende publicar mais algum? Conte-nos tudo...



Sempre. Acredito que nenhum escritor deseja ficar apenas em um livro e eu sou como a maioria. Já possuo duas obras publicadas e espero que a sequência seja publicada em 2014 e ainda outros que estou escrevendo. 





Você acha que tem que ter lugar certo para escrever?





Não. A inspiração vem e se tenho um papel para anotar, anoto, esteja onde estiver. Até no ônibus eu escrevo quando vou e volto do trabalho. 






                                                      Onde busca inspiração?




Leio muito. Acredito que sem ler não aprimoramos nosso vocabulário e nem a nossa mente. Ler é que alimenta a criatividade.




Teve algum personagem que mais se identificou ao escrever seu livro? Qual e por quê?



Sou apaixonada pela Ellene e pela Suzanna, mas me identifico mais com a Suzanna, porque ela é inocente como eu acredito que ainda sou. Além de ter um coração lindo, sempre se preocupando com os outros. Me vejo muito assim.




Qual é o seu autor favorito?



Stephenie Meyer e a Cassandra Clare. Nacional: Lu Piras e Babi Dewet. Tem mais, mas não caberia aqui.




Em todo o processo do livro, o que foi mais difícil e mais divertido? 



O mais difícil é fazer as “coisas” se encaixarem. Algo que ocorreu no inicio ter um porquê no final. Isso nas duas obras.
Insônia: Eu amo escrever as cenas em que a Suzanna implica com o Arthur, dou muita risada com eles.
Híbrida: Uma cena em que a Ellene vê uma barata. Eu tenho pavor de baratas e sou louca para saber a reação das pessoas que leram essa cena. Até agora ninguém comentou comigo.





Depois de um grande sonho realizado, qual sonho está mais próximo de realizar?



O lançamento de Híbrida. Não sei como falar em publico, nem como agir, mas estou ansiosa para sentar na mesa da livraria, autografar meus livros, conversar com meus amigos e leitores. Sempre vi isso nos filmes e não vejo a hora de ter minha primeira vez! Acho que só depois do lançamento é que me sentirei escritora mesmo!





Deixe uma mensagem para seus fãs:



Obrigada por todo apoio, carinho e incentivo. Cada mensagem, cada resenha, cada palavra anima e aquece meu coração. Espero poder retribuir tudo o que já fizeram e farão por mim! Contem comigo!

Um comentário

  1. Que linda! Obrigada pela divulgaçao! E eu ameii dar a entrevista! <3

    ResponderExcluir