Alguém tem que perdoar- EDITORA IDE



Resenha do livro Alguém tem que perdoar - Ismael Biaggio





Sinopse: Eu via um homem sentado num banco da praça. Todos os dias… Completamente calado.
Um silêncio a esconder uma história. Um drama muito maior do que eu poderia supor. Mais intenso do que eu poderia
imaginar. Vidas e mortes… Anos e décadas… Famílias e paixões… Segredos e traições… Tudo costurado com a linha do
resgate que, através do perdão, excede o tempo e o espaço e pode aproximar, novamente, corações afastados pela dor.
Durante a Segunda Guerra Mundial, enquanto Adolf Hitler lutava para conquistar o mundo, os judeus eram perseguidos e massacrados nos campos de concentração. Na Europa, que mergulhava num vórtice de sofrimento e morte, um jovem padre vai à Itália para ajudar os soldados em combate e, em meio a tão violenta batalha, encontra o amor de sua vida, mas logo se vê obrigado a voltar para o Brasil, afim de tentar curar o ódio no seio de sua família.
Tomando conhecimento dessa história, vi-me imediatamente envolvido por ela. Foi quando, finalmente, percebi que muito havia a ser desvendado.
E, agora, vou contá-la a você!
Capa: Muito Bonitaaaa!!

Escrita: Um pouco complicada, por causa da linguagem "antiga", mas muito boa.

Enredo: Muito bonita a história, emocionante.
Nos faz pensar como  cada pessoa que passa ao nosso lado na correria do dia-a-dia, o qual nem damos atenção pode ter tanta coisa para contar.Sou muito curiosa.
A leitura me atraiu bastante por me pegar no ponto fraca da curiosidade.
Fiquei muitas vezes sem folego pensando como realmente acontece cada coisa no mundo que só pode ser isso, uma explicação que hoje não entendemos, mas um dia virá tudo a tona.
Os personagens são fortes.
Nem sem direito o que dizer sem estragar a surpresa, mas é isso. Indico, porque é uma leitura profunda.



Classificação: Romance Espírita - Bom!!

Adquira já o seu:
Saraiva

2 comentários

  1. capa linda
    @livroazuis
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir